É cerveja e é um snack

Alguma vez se perguntaram para onde vai parar todo aquele plástico que teimamos em não reciclar? Talvez muitos ainda nem tenham visto mas existe no pacifico o chamado Grande Depósito de Lixo, onde está a maior concentração de plástico e lixo tóxico que atenta contra a integridade e mesmo a vida de muitas espécies aquáticas. Em 2050 prevê-se que haja mais plástico na água que peixes.

plastic-ocean-2

Para as espécies aquáticas o plástico representa um grave perigo pois muitas como as aves aquáticas consomem esse plástico como se fosse alimentos, claro que o seu sistema digestivo não foi concebido para digerir plástico e eventualmente acabam por morrer.

Outro exemplo é o caso dos aros das cervejas que se enrolam em torno do seu corpo acabando por impedir o seu crescimento normal.

Felizmente muitas marcas estão hoje em dia à procura de alternativas que prometem evitar problemas maiores no futuro.

Saltwater destilaria juntamente com a agência Webelivers criaram os primeiros aros comestíveis produzidos a partir de subprodutos da destilaria como cevada e trigo. Os aros para além de servirem de snacks para um animal que por lá passe também são tão resistentes como os de plástico e biodiversidades.

As imagens que se seguem são de conteúdo chocante aconselha-se às pessoas mais sensíveis não as visualizarem. Isto é o que acontece quando esquecemos o porquê de reciclar.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s